Pesquisar este blog

Santo Antonio de jesus, ba, Brazil
Eu, sou uma pessoa alegre e muito divertida, e uma obra prima do DEUS CRIADOR.

WEB RESTAURADOS

Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

sábado, 6 de agosto de 2011

A EXPULSÃO DE DEUS
A filha de Billy Graham estava sendo entrevistada e a apresentadora perguntou a ela:

- Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro?

Anne Graham deu uma resposta extremamente profunda e sábia. Ela disse:

" Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou.

Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco? À vista dos acontecimentos recentes, ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc.

Eu creio que tudo começou desde que Madeline Murray O'Hare (que foi assassinada e seu corpo encontrado recentemente), se queixou de que era impróprio se fazer oração nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.

Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas... A Bíblia que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar, e devemos amar o nosso próximo como a nós próprios. E nós concordamos.

Logo depois, o Dr. Benjamin Spock disse que não deveríamos bater em nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima (o filho do Dr. Spock cometeu suicídio). E nós dissemos:  "um perito nesse assunto deve saber o que está  falando", e então concordamos com ele.

Depois alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares então decidiram que nenhum professor em suas escolas deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e  não queriam ser processados. (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, bater, dar socos, humilhar e chutar, etc.).  E nós concordamos com tudo.

Aí alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. E nós aceitamos essa sugestão sem ao menos questioná-la.

Em seguida algum membro da mesa administrativa  escolar muito sabido disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que eles pudessem se divertir à vontade, e que nem precisaríamos dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos,  "está  bem".

Depois alguns dos nossos oficiais eleitos mais importantes disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.

Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino. E nós também concordamos.

Depois uma outra pessoa levou isto a um passo mais adiante e publicou fotos de crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos,  "está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a liberdade de se expressar e fazer isso".

A indústria de entretenimento então disse:  "Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, drogas, assassínio, suicídio e temas satânicos." E nós dissemos:  "Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial.  Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!"

Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o  mal, o certo e o errado, por que não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios... Provavelmente, se  nós analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender que nós colhemos exatamente aquilo que semeamos!

Se uma menina escrevesse um bilhetinho para DEUS, dizendo:
-  "Senhor, por que não salvaste aquela criança na escola?"

A resposta Dele seria:
-    "Querida criança, não me deixam entrar nas escolas!
Seu DEUS".

É triste como as pessoas simplesmente culpam DEUS e não entendem por que o mundo está indo a passos largos para o inferno.
É triste como cremos em tudo que os jornais e a TV dizem, mas duvidamos do que a Bíblia nos diz.

É triste como todo o mundo quer ir para o céu, desde que não precise crer, nem pensar ou dizer qualquer coisa que a Bíblia ensina.
É triste como alguém diz:  "Eu creio em DEUS", mas ainda assim segue a Satanás, que por sinal, também  "crê" em DEUS.

É engraçado como somos rápidos para julgar mas não queremos ser julgados!

Enviamos centenas de piadas pelo e-mail, e elas se espalham como fogo, mas quando tentamos enviar algum e-mail a respeito de DEUS, as pessoas têm medo de compartilhar e reenviá-lo a outros!

Nós esquecemos de Deus e nos afastamos dele. Como podemos imaginar que ele nos livraria desses acontecimentos agora?"

Pense nisto...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Fugindo das Vozes

de Max Lucado



 
...O que fazemos com essas vozes?
Enquanto trabalho neste manuscrito, estou usando uma escrivaninha no quarto do hotel. Estou longe de casa, longe das pessoas que me conhecem, longe dos membros da família que me amam.
As vozes que encorajam e afirmam estão distantes.
Porém, as vozes que atormentam e seduzem estão muito próximas. Embora no quarto esteja tudo quieto, se eu escutar, essas vozes são bem claras. Um folheto no criado-mudo me convida para um passeio no saguão do hotel, onde posso "fazer novos amigos em um ambiente relaxante". Uma propaganda no topo da televisão promete que o pedido de um filme pay-per-view para maiores de idade transformará todas as minhas "fantasias em realidade". Na lista telefônica, várias colunas de serviços de acompanhantes oferecem "amor longe de casa". Um volume atraente, em letras douradas, na gaveta do criado-mudo, acena: O Livro de Mórmom – O Outro Testamento de Jesus Cristo. Na televisão, um apresentador de programa de entrevistas discute o tópico do dia: "Como se dar bem fazendo sexo no escritório".
Vozes, algumas por prazer, outras por poder.
Algumas prometem aceitação, outras prometem carinho. Todas têm algo para oferecer.
Mesmo as vozes que Jesus ouviu prometiam algo.
"Quando a multidão viu o milagre que Jesus tinha feito, começou a dizer: `Com certeza este é o Profeta que devia vir ao mundo'. " [João 6:14]
Para um observador distante, essas são as vozes da vitória. Para o ouvido mal treinado, esses são sons do triunfo. O que poderia ser melhor? Cinco mil pessoas, mais mulheres e crianças proclamando ser Cristo "o Profeta". Milhares de vozes avolumando-se em um ruído de avivamento, em uma aclamação de adoração.
As pessoas tinham tudo que precisavam para uma revolução.
Tinham um inimigo: Herodes. Tinham um mártir: João Batista. Tinham liderança: os discípulos. Tinham muitos suprimentos: o multiplicador de pães. E eles tinham um rei: Jesus de Nazaré.
Por que esperar? A hora havia chegado. O reino de Israel seria restaurado. As pessoas tinham ouvido a voz de Deus.
— Rei Jesus — alguém proclamou. E a multidão repetia, concordando.
Um coro, aclamando poder, contagiava. Não precisavam de cruz, nem de sacrifício. Um exército de discípulos seguindo as pegadas de Jesus. Poder para mudar o mundo sem ter de morrer fazendo isso.
A vingança seria doce. Aquele que tomou a cabeça de João Batista está a apenas alguns metros de distância. Pergunto-me se ele alguma vez já sentiu uma lâmina fria roçar seu pescoço.
Sim, Jesus ouviu essas vozes. Ele ouviu a sedução. Entretanto, também ouviu mais alguém.
E quando Jesus o ouviu, ele o buscou:
"Sabendo Jesus que a multidão estava com a idéia de pegá-lo à força para fazê-lo rei, voltou sozinho para o monte. " [João 6:15]
Jesus preferiu estar sozinho com o verdadeiro Deus a ficar junto à multidão de pessoas equivocadas.
A lógica não disse a ele para despedir a multidão. A sabedoria convencional não lhe disse para virar as costas ao exército desejoso. Não, não era uma voz de fora que Jesus ouviu, era uma voz interior.
A marca de ovelha era o que lhe tornava capaz de ouvir a voz do Pastor.
"O vigia abre a porta para ele e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as suas ovelhas pelo nome e as leva para fora. " [João 10:3]
A marca de um discípulo é a sua capacidade de ouvir a voz do Mestre.
"Escutem, eu estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e comerei com ele e ele comerá comigo. " [Apoc 3:20]
O mundo soca a mão na sua porta; Jesus apenas bate. As vozes gritam por sua adesão; Jesus mansamente pede. O mundo promete prazer rápido; Jesus promete um jantar tranqüilo... com Deus. "Entrarei em sua casa e comerei com ele e ele comerá comigo".
Qual voz você escuta?
Deixe-me dizer algo importante. Não há um momento em que Jesus não esteja falando. Nenhum sequer. Não existe um lugar em que Jesus não esteja presente, nenhum sequer. Nunca haverá um quarto muito escuro... um saguão muito envolvente... um escritório muito sofisticado... que o terno Amigo, sempre marcando presença e que sempre nos acompanha, implacavelmente não esteja lá, batendo à porta dos nossos corações, com toda gentileza, esperando ser convidado a entrar.
Poucos ouvem essa voz. Um número ainda menor abre a porta.
Todavia, não interprete nossa insensibilidade como a ausência dele. Cercada de promessas evanescentes de prazer, está a promessa eterna de sua presença.
"E eu estarei com vocês todos os dias, até o fim dos tempos. " [Mt 28:20]"Eu nunca o deixarei; eu jamais o abandonarei." [Heb 13:5]
Não há qualquer outro coro que soe tão alto a ponto de não permitir que a voz de Deus seja ouvida... se decidirmos ouvi-la. É o que acontece nesse hotel.
Demorei alguns minutos para encontrá-la, mas encontrei. Não estava tão visível como o folheto do saguão ou o aviso do filme. Mas estava lá. Não era tão ornamentada como a bíblia dos Mórmons ou tão atraente como a propaganda de acompanhantes. Mas eu desistiria de todas essas mentiras de uma vez por todas, para ficar com a paz que encontrei nesse tesouro.
Uma Bíblia. Uma simples Bíblia deixada ali pelos Gideões. Gastei alguns minutos para encontrá-la, mas finalmente encontrei. E quando a vi, abri em uma das minhas passagens favoritas:
"Não se admirem disso, porque está chegando a hora em que todos os mortos ouvirão a sua voz e sairão dos túmulos. Aqueles que fizeram o bem, vão ressuscitar para a vida eterna. Mas aqueles que fizeram o mal, vão ressuscitar para ser condenados. " [João 5:28-29]
Interessante. Um dia virá em que todos ouvirão a voz dele. Haverá um dia em que todas as outras vozes serão silenciadas, e somente a voz dele será ouvida.
Alguns escutarão sua voz desde o primeiro instante. Não é que ele nunca tenha se pronunciado, mas é que eles nunca a ouviram. Para esses, a voz de Deus será a voz de um estranho. Eles a ouvirão uma vez e nunca mais. Vão passar a eternidade fugindo das vozes que seguiram na terra.
Mas os outros serão chamados de seus túmulos por uma voz familiar, pois são ovelhas que conhecem seu pastor, são servos que abriram a porta quando Jesus bateu.
Nesse dia, a porta se abrirá novamente. Somente dessa vez. E não será Jesus que entrará em nossa casa; seremos nós que entraremos na casa dele.
Veja mais artigos sobre São João em www.hermeneutica.com/mensagens/.
Muito obriagdo pelas visitas. Sua colaboração está sendo uma grande bênção.


  Copyright © 20022011 Max Lucado. Todos os direitos reservados pela Editora Vida Cristã. Reproduzido com permissão.

Um Encontro No Céu

de Paulo Roberto Barbosa




 
"Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo..." Mateus 25:34 Quando o célebre homem de Deus Phillip Brooks estava se recuperando de uma enfermidade e estava se recusando a receber visitas, conforme orientação médica, o agnóstico Robert G. Ingersoll quis lhe visitar, e foi prontamente recebido. "Sinto-me muito lisonjeado", disse Ingersoll, "mas, por que me recebeu, após recusar a visita de todos os seus amigos?" "É muito simples", respondeu o homem de Deus, "eu tenho plena confiança de encontrar todos os meus amigos no porvir, porém, esta pode ser a minha última oportunidade de vê-lo."
O homem e a mulher de Deus, não apenas se prepara para um encontro com o Senhor como também se importa com as pessoas que fazem parte de sua vida diária. Queremos a vida eterna nos Céus e queremos também que nossos parentes, nossos amigos e todas as pessoas desse mundo, tenham a mesma alegria, o mesmo regozijo, a mesma bênção.
O Senhor Jesus, um dia, nos chamará pelo nome. E dirá mais: "vinde benditos de meu Pai". Eu quero ouvir isso e quero que todos os meus amigos também ouçam. Sou feliz por ter meu nome escrito no Livro da Vida e desejo ardentemente que o nome de todos que estão me lendo também tenham os seus nomes colocados ali. Quero festejar com todos a entrada nas mansões celestiais.
Existe um hino que diz: "Desejamos ir lá, desejamos ir lá. Que alegria será, quando nós nos encontrarmos lá". Sim, será um momento de grande alegria e gozo. Estar na presença do nosso Salvador, para sempre, que felicidade!
Você já tem seu passaporte para o Céu?
Já abriu o coração para Jesus?
Veja também de Paulo Roberto Barbosa: Não - Uma Bênção Disfarcada www.iluminalma.com/vec/1001/29-nao.html e Guardando o Bem e Livrando-se do Mal www.iluminalma.com/vec/1004/15-guardando.html

Devocional Para Hoje : Salmos 126:2‏


Segunda-feira, 11 de Julho, 2011
VERSÍCULO:   “Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes”. Salmos 126:2
PENSAMENTO:
   Muitos de nós somos ricamente abençoados – se não por bênçãos
físicas e financeiras, com certeza pelas bênçãos espirituais dadas
pela graça de Deus. O Senhor fez grandes coisas por nós. Vamos
louvá-lo com hinos de louvor e vidas cheias de risos e alegria!
ORAÇÃO:
   Generoso e gracioso Pai, muito obrigado pelas muitas maneiras
através das quais o Senhor tem me abençoado. Seu presente de
salvação através do seu Filho Jesus é tão incrível, e me dá
esperança e confiança par o futuro. Que todas as bênção físicas e
financeiras que o Senhor tem compartilhado comigo tragam glória ao
Senhor, e não a mim! Em nome de Jesus. Amém.
http://www.iluminalma.com/dph
Devocional Para Hoje é Copyright © 2006-2011 de Phil Ware.
Todos os direitos reservados. Devocional Para Hoje é um
versículo bíblico diário, com um pensamento e uma oração para
focalizar a sua mente na Palavra de Deus e para prepará-lo para
o dia.  O autor é Phil Ware <phil@iluminalma.com> e vem do site
www.iluminalma.com. Visite www.iluminalma.com para descobrir
ainda mais para abençoar a sua vida.

domingo, 10 de julho de 2011

JESUS RAZÃO DO NOSSO VIVER!!: Pastor é ameaçado de morte

JESUS RAZÃO DO NOSSO VIVER!!: Pastor é ameaçado de morte

Pastor é ameaçado de morte

Publicado em 08/07/2011
Pastor é ameaçado de morte na Índia por extremistas hindus

Extremistas hindus em Rajasthan (Índia) ameaçaram matar um pastor, depois de terem agredido sua família e violado o acordo de parar de atacá-los.

O pastor da Igreja, Shantilal Ninama, disse à Compass que os extremistas hindus, em um dos ataques do mês passado, agrediram seu pai, de 65 anos, até que ele ficasse inconsciente.

No dia 8 de junho, depois de concordar em não mais atacar o pastor Ninama e sua família, para que, em troca, retirassem as acusações contra eles na polícia, os extremistas hindus enfurecidos invadiram a casa do pastor e começaram a bater e apedrejar seu pai, sua irmã, sua esposa e seus três filhos. Quando ele foi procurar a polícia, seu pai caiu inconsciente, sua mulher e seus dois filhos se esconderam. A filha se escondeu debaixo da cama e sua irmã fugiu para se esconder nos vales.

“No dia seguinte, falei com Bhim Shankar Sharma, um extremista hindu, para que ele me desse uma cópia do acordo”, disse o pastor Ninama. “Mas ele ficou com raiva e falou ofensas verbais contra mim e contra minha fé, dizendo que sou uma pessoa impura, pois o cristianismo é uma religião impura e de estrangeiros e que cristãos não são dignos de ficar na Índia. Ele me pegou pelo pescoço e me deu um tapa no rosto.”

O reverendo Prabhatkar Malladi, secretário da diocese de Udaipur, disse à Compass que os extremistas estavam ameaçando matar o pastor.

“Os moradores não estão permitindo que nenhum líder cristão entre na aldeia para ajudar o pastor Ninama, mas estamos tomando as medidas necessárias para ajudar o pastor, e um advogado está tomando conta do caso”, disse ele.

“Pessoas bem-intencionadas estão me dizendo para tomar cuidado e não me aventurar sozinho, pois os extremistas estão à procura de uma chance parar me encontrar em paz e me matar”, disse o pastor.

O pastor conta que tem sido ameaçado até por seus vizinhos, que falam que ele traz má sorte para eles por ser cristão. Alguns até tentaram matá-lo por sua fé cristã.

Em outra ocasião, os moradores hindus e vizinhos do pastor organizaram uma reunião e disseram que, se o pastor queimasse sua bíblia e toda sua literatura cristã, eles o deixariam em paz.

Mas o pastor respondeu: “Posso deixar tudo – minha família, minhas propriedades, minha prosperidade – mas não posso renunciar a Jesus, seja qual for o preço.”

Ore pelo pastor Ninama e sua família, para que tenham força e perseverança para passar e superar ainda mais a perseguição e para que o evangelho se espalhe na Índia.

Tradução: Lucas Gregório. 

:: Fonte: Compass Direct via site Portas Abertas.

domingo, 3 de julho de 2011

D E V O C I O N A L P A R A H O J E - http://www.iluminalma.com -




VERSÍCULO:
   “Nós pecamos como os nossos pais, cometemos a iniqüidade,
andamos perversamente”.
    -- Salmos 106:6
PENSAMENTO:
   O pecado não é novidade. A franqueza das Escrituras nos permite
a observar a idiotice e rebelião do povo de Deus no passado.
Podemos ser convictos pelas oportunidades perdidas deles e os
desastres que trouxeram por cima das suas próprias cabeças. Também
podemos ser relembrados de quão pouca diferença há entre eles e
nós.
ORAÇÃO:
   Pai, eu sei que o meu pecado, minha rebelião e minha
infidelidade têm magoado o Senhor e sua causa hoje tanto quanto os
pecados dos personagens bíblicos O magoaram no passado. Por favor,
perdoe-me e fortaleça-me na minha procura de viver uma vida santa e
agradável ao Senhor e uma bênção para as pessoas ao meu redor. No
nome de Jesus eu oro. Amém.
http://www.iluminalma.com/dph/4/0703.html
 DEVOCIONAL PARA HOJE de iluminalma
===============================================================
 http://www.iluminalma.com/dph
 Todos os direitos reservados. Devocional Para Hoje é um
versículo bíblico diário, com um pensamento e uma oração para
focalizar a sua mente na Palavra de Deus e para prepará-lo para
o dia.  O autor é Phil Ware <phil@iluminalma.com> e vem do site
www.iluminalma.com. Visite www.iluminalma.com para descobrir
ainda mais para abençoar a sua vida.

FRASE DO DIA

    " O perdão, é o alicerce da reconstrução em todas as arias e em todos os niveis."
   Autor Antonio santos Lima

sábado, 2 de julho de 2011

TEMA - UM CONFRONTO INESPERADO


LUCAS Cap. 7: 36-50

INTRODUÇÃO - Somos tendenciosos a viver dentro de um ambiente onde não queremos ser desmascarados, ou seja, confrontado por qualquer que seja, "seja Pai, Mãe, Pastor e etc.”. Quanto mais com a verdade de Jesus, isso é devido a um engano de satanás que é transmitido em nossa alma e por não queremos ter o conhecimento dos fatos, achamos que sempre estamos com a razão e que as pessoas estão erradas. "certo SEMPRE sou EU". Quando fazemos esse tipo de julgamento precipitado a respeito de alguma pessoa, ou de qualquer outra coisa, é ai que um confronto inesperado pode acontecer. Simão prepara um jantar, convida seus familiares, amigos e pessoas da alta sociedade e religiosos de sua epoca. Simão também convida Jesus para está presente neste jantar em sua casa. É sempre bom convida pessoas que agente gosta para almoça ou janta em nossa casa nos sentimos honrados pelas aquelas pessoas que atendeu o nosso convite não é... Assim se - sentia Simão honrado com a presença de seus familiares, amigos e pessoas da alta sociedade religiosa de sua epoca e também a do MESTRE JESUS. Quando todos na espequitativa esperavam que algo pudesse acontece de extraordinário, algo que fosse manifestado o poder de Deus. Do tipo que cego enxergassem, que mudo falasse que surdos ouvissem que endemoniados fossem libertos e etc. Uma mulher, diz a bíblia que essa mulher ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, ela entra sem ser convidada e rouba toda a cena. Simão ao perceber a presença da mulher ele faz um julgamento precipitado dizendo: “ SE ESTE HOMEM FOSSE, DE FATO, UM PROFETA, SABERIA QUEM É ESTA MULHER QUE ESTÁ TOCANDO NELE E A VIDA DE PECADO QUE ELA LEVA.” Isso imediatamente gerou um CONFRONTO INESPERADO. Esse confronto inesperado veio de três maneiras.

I – JESUS CONFRONTA SIMÃO CONTANDO UMA HISTORIA
1)      JESUS então disse ao fariseu: - Simão tenho uma coisa para lhe disser: -fale Mestre! – respondeu Simão. (Vers.40)
a.       Jesus lhe conta uma historia dizendo: que dois homens tinham uma divida com certo credor. A historia conta que este credor vendo que os dois homens não tendo com o que a divida, diz a bíblia que ele lhes perdoou-lhes. (vers.41,42)

b.      É interessante notar que um devia quinhentos e o ou cinqüenta, um devia mais e o outro devia menos

·         O perdão é o alicerce da reconstrução

2)      Então Jesus faz uma pergunta a Simão; quem o amará mais? (Vers. 43)

a.       Simão respira e contada conviquição responde aquele a quem mais perdoou. E Jesus lhe disse: você nessa história que acabei de contar você julgou de forma correta, ou seja, julgou bem. (Vers. 43)

·         Jesus estava querendo ensina a Simão, que o Amor e o perdão estava acima da divida e pecado daquela mulher.

v  TODO JULGAMENTO PRECIPITADOGERA UM CONFRTO INESPERADO.

II – JESUS CONFRONTA SIMÃO COM A PROPRIA OMISÃO DELE.
1)      Era um costume na época, quando algumas pessoas chegassem a casa alguém da cidade ou de qualquer aldeia que chegasse o dono da casa deveria ter:

a.       Uma bacia de água para hospede para que pudesse lavar os pés empoeirados (vers.44)
b.      Era de extrema o hóspedes ser recebido com um beijo (vers.45)
c.       Era de extrema importância também o óleo para ungir o hospede (vers.46)

v  Simão, por sua vez não deu importância à bacia de água para os pés, do beijo e do óleo para ungir, quem sabe Simão achava que o jantar erra suficiente para os convidados.

·         Quando na verdade ele estava se omitindo por causa do seu coração, que estava preso no julgamento precipitado.

OBS: TODA OMISSÃO TRAZ UM CONFRONTO INESPERADO!

III – JESUS CONFROTA SIMÃO COM A MULHER QUE ELE MESMO JULGOU SER DE MÁ FAMA (VERS. 44).
1)      Jesus chama atenção de Simão para a mulher, ou seja, confronta dizendo – você Simão está vendo está mulher?

a.       quando entrei em tua casa você não mim ofereceu água para lavar os meus pés, porém ela os lavou com suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos (vers. 44)

·         Jesus esta dizendo Simão: Eu esperava de você, essa atitude Simão. Foi você que mim convidou, onde esta a tua recepção a minha pessoa Simão?
Olha para essa mulher! Ela esta lavando os meus pés com a suas lagrimas lagrimais essa que esta saindo de dentro do seu coração como um grande sinal de respeito e adoração.

ü  Quantos de nós estamos insensíveis em nossos corações convidamos Jesus para um janta em nossas casas abarrotada de: dureza, incredulidade, omissão, ódio, contenda, prostituição, adultério, homicídio, e devido a tudo isso não damos atenção ao convidado Jesus
ü  Não é bom termos esses mesmo comportamento de Simão, achando que o banquete que realizamos é suficiente. O banquete só será bom se estiver acompanhado do serviço.

b.      quando entrei, em sua casa você não mim beijou; ela, porem, não para de beija os meus pés (vers. 45).

·         Jesus esta dizendo Simão: Eu esperava de você, essa atitude Simão. Foi você que mim convidou, onde esta a tua recepção a minha pessoa Simão?
Olha para essa mulher! Essa atitude dela de mim beija demonstra o quanto ela mim ama. Como esta o nosso amor para com Deus?

ü  Alem do abraço, do carinho, e da Campânia ser componentes da atitude de quem ama. O beijo é em se é a caraquiterização da atitude de quem ama.

ü  A insensibilidade do nosso coração é muito grande esse nosso comportamento demonstra o quanto não somos dignos de beija Jesus.  Simão não fez por causa do seu coração julgador, e preconceituoso.  

ü  Jesus quer que o beijamos,  anseia por esse ato de beijá-lo, quer nos sente, quer que encostemos os nossos rostos ao rosto dele e o beije.

c.       quando entrei, em sua casa você não pôs azeite perfumado na minha cabeça, porem ela derramou perfume nos meus pés. (vers 46).

·         Jesus esta dizendo Simão: Eu esperava de você, essa atitude Simão. Foi você que mim convidou, onde esta a tua recepção a minha pessoa Simão?
Olha para essa mulher!  Simão, ela quando quebra o vaso, eu vejo o seu coração sendo quebrado diante de mim, Mim mostrando esta arrependida de seus pecados.

ü  Diferente de muitos de nós que não queremos quebra o nosso coração diante de Jesus porque achamos que temos “algo de precioso” dentro dele, quando a bíblia diz em Jeremias 17:9-10 -Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? 10 - Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.

ü  O que carregamos em nossos corações muitas vezes é aquilo que Jesus disse em Mateus 15: 18-20. Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.
19 - Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. 20 - São estas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem.

v  Jesus vendo tudo que aquela mulher faz em sua presença. Ele não pode fica quieto, mudo, precisava fala algo para aquela mulher mesmo que Simão e os outros que esta ali não concordasse, e a bíblia diz em Lucas 7: 48,50. 48 E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados. 50 E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.

Desejamos e almejamos o que Jesus disse aquela mulher nos vers 48, 50, Só que para isso teremos que fazer o mesmo que aquela mulher fez diante da presença de Jesus. Vamos deixar de lado o nosso orgulho e nos lagar na presença de Jesus Amém

Que Jesus em sua infinita misericórdia abençoe a todos.

Antonio & Marinalva



sexta-feira, 24 de junho de 2011

FRASE DO DIA

C. H. Spurgeon
Quando a Palavra de Deus converte um homem, tira dele o desespero, mas não a ncapacidade de arrepender-se.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Ataques geram enfraquecimento de Igrejas
   
 
Igreja destruída no norte da Nigéria  
NIGÉRIA (23º) - Em uma vila fora do Estado de Bauchi, com população predominantemente muçulmana, uma comunidade cristã desapareceu.

Em março, os camponeses da aldeia cristã de Mdandi, em Tafawa Balewa, estavam ocupados com a colheita e se preparavam para a nova temporada de plantação. No dia 27 de março, uma multidão de muçulmanos extremistas desceu para a cidade de Mdandi, destruindo casas e expulsando os cristãos que moravam ali.

O ataque a Mdandi foi precedido por uma investida feita em 10 de fevereiro, quando muçulmanos entraram em conflito com jovens cristãos. Alguns dos cristãos que estavam presentes nesse dia foram feridos.

“No primeiro ataque, tentamos proteger a nós mesmos e a nossas famílias”, disse Luka Zafi, pastor da Igreja de Cristo na Nigéria (COCIN). “Eles perceberam que não conseguiriam nos expulsar, então desistiram. Nós pensamos que não seríamos atacados novamente, mas eles saíram e retornaram mais uma vez, e todos armados com metralhadoras. Nós não poderíamos lutar, já que não tínhamos o mesmo armamento que eles. Então fugimos da aldeia e eles destruíram nossas duas igrejas e nossas casas”, disse ele.

O Pastor Zafi, cuja casa foi demolida em 27 de março, disse que o edifício de sua igreja junto com o templo de uma igreja católica foram incendiados. Muitos cristãos tiveram de ser deslocados para outras regiões do país.

O Pastor Zafi ainda disse que sua igreja tinha cerca de 50 membros, que agora foram dispersos por várias aldeias. Ele lamenta que as vítimas do ataque ainda não recebam nenhuma assistência do governo federal ou estadual. “Se nada for feito com relação a essa situação, receio que os cristãos nesta parte do país sejam extintos.”

Uma das razões para a lentidão do governo em investigar as ações islâmicas, além do descaso de agências de notícias ocidentais, é que eles são acusados de roubar o gado da população muçulmana nômade, relatam os cristãos.  Mas segundo os próprios cristãos, nem todas as pessoas da região sabem que os agricultores cristãos possuem gado.
 
Tradução: Lucas Gregório
 http://www.portasabertas.org.br/noticias/noticia.asp?ID=7186  

Seguidores

Páginas

Marcadores